segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Agradecimentos Tweed Ride Santa Cruz do Sul 2018

Assista o vídeo do Tweed Ride 2018 feito pelo nosso amigo Rodrigo Bilheri 
https://www.youtube.com/watch?v=jaMdsP6tcGU&feature=share

Obrigado Rodrigo Bilheri

Agradecimento aos participantes do Tweed Ride Santa Cruz do Sul 2018
Vocês são a elegância e a atração neste evento.

Agradecimento aos Jurados do Concurso Tweed Ride 2018
Janaina Terra, Guentes Knies e esposa, Cristine Eick e Daniel Hoppe.


Agradecimento ao empresa apoiadora e patrocinadora do Tweed Ride Santa Cruz do Sul 2018. Obrigado https://www.facebook.com/proezabeer/


Agradecimento ao empresa apoiadora e patrocinadora do Tweed Ride Santa Cruz do Sul 2018. Obrigado Rebocar

Agradecimento ao empresa apoiadora, idealizadora do primeiro Tweed e patrocinadora do Tweed Ride Santa Cruz do Sul 2018. 
Obrigado Faccin Bicicletas
 www.faccinbicicletas.com.br
https://www.facebook.com/faccinbicicletas/
Agradecimento a pessoas lindas e especiais que sempre contribuem de maneira voluntária para o Tweed Ride Santa Cruz do Sul

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Tweed Ride Santa cruz do Sul 2018


Confira evento no Facebook=
https://www.facebook.com/events/129648981012440/
 Curta a pagina no facebook=
https://www.facebook.com/tweedridesantacruz/

Percurso Tweed Ride 2018

Inicio do Passeio será na Av. Dep. Euclides Kliemann 544 na Faccin Bicicletas
Rua São Paulo, Ciclovia Av. Paul Harris, Venâncio Aires, Senador Pinheiro Machado, Marechal Floriano Peixoto;
Parada para fotos na esquina do Quiosque em frente à casa de Artes Regina Simonis.
Praça Getulio Vargas e fotos em frente a Catedral São João Batista;
Rua Ramiro Barcelos;
Fotos em frente a Antiga Estação Férrea. Fotos ao lado do Trem.
Rua Ernesto Alves, Venâncio Aires depois Rua Tiradentes, Galvão Costa
Parada para fotos no castelinho da Schutz e Kanomata idiomas
Rua Rio Branco
Rua Sete de Setembro
Parada para fotos na Praça da Bandeira é seguir na rua Borges de Medeiros para Piquenique do evento na cervejaria Proeza
Final do Tweed com Banda de Rock, concurso de elegância e participação livre a todos


Distancia parcial 5,2 km
Final do evento na cervejaria Proeza com piquenique e banda de rock

Premiações




FOTOS DO EVENTO DE 2017=
https://www.facebook.com/freyconsultoria/media_set?set=a.1484491634941587.1073741855.100001422952692&type=3

Premiação 2018

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Tweed Ride Santa Cruz do Sul 2017

 
O evento de ciclismo tem como ideia original, juntar um grupo de pessoas que se vistam com trajes diferentes, como terninhos tweeds e saias longas.
Não é um desfile a fantasia e nem desfile típico, e sim um desfile de moda e elegância. È um evento de Ciclismo Chic que visa também mostrar a beleza de andar de bicicleta como nos velhos tempos. È um passeio urbano com estilo em que as pessoas se reúnem e vão até algum lugar, para tomar um chá, ou para um piquenique. Um dos objetivos deste passeio também é o de conscientizar a população do uso da bicicleta. 

Tweed Ride ou Tweed Run é um encontro e passeio de bicicleta, onde os ciclistas se vestem em trajes de época, ( geralmente a partir da década de 40, ou antes) em especial em roupas de Tweed. Tweed para quem não conhece, é um tecido com fios de lã. A tecelagem dele é feita, normalmente, em ponto sarja, podendo ser também tecidos com fios macios e suaves, outros com fios mais duros e resistentes. Foi criado ao longo das margens do rio Tweed, que separa a Inglaterra da Escócia, por isso seu nome.
No passeio qualquer bicicleta é aceitável, mas é imprescindível que o ciclista esteja vestido roupas de estilo clássico/ antigo. Para o concurso de elegância será analisado o conjunto ciclista+ bicicleta + acessórios e neste caso será pontuado a antiguidade e modelo da bicicleta. A idéia é recriar o espírito de décadas passadas, onde haviam passeios elegantes sobre duas rodas.
O primeiro Tweed Ride ( Tweed Run) foi realizado em Londres em janeiro de 2009, depois foram realizados diversos passeios “tweeds” semelhantes em outras cidades espalhadas pelo mundo, como San Francisco, Boston, Chicago, Filadélfia, Toronto, paris, Sidney, Tóquio, Washington e outros.
Agora teremos também um Tweed Ride em Santa Cruz do Sul
Durante o passeio será realizado o concurso de elegância onde será feita a escolha do cavalheiro a dama e a criança mais elegante. A escolha será realizada por uma comissão de jurados.
Data= 09-07-2017
Horário 13h
Local largada= Av. Dep. Euclides Kliemann 544 Santa Cruz do Sul, RS

Premiação aos escolhidos no Tweed Ride, Dama, Cavalheiro, Jovem (menor de 15 anos) e Ciclista com bike fixa, mais elegantes, irão receber uma medalha. Um incentivo para estar o mais elegante a Moda Antiga possível.
A premiação do Tweed Ride é apenas um motivador e uma maneira de valorizar os participantes que estiverem mais elegantes. Não é uma competição e nem um motivo para disputas.
Para a definição dos merecedores do titulo de mais alegante de cada categoria será realizada a escolha através de um grupo de jurados.
Na categoria Jovem serão considerados os participantes até 15 anos de idade completados até o dia do evento;
Na categoria Ciclista Fixie Gear poderá concorrer o ciclista que participar do passeio utilizando uma bicicleta sem câmbios e sem roda livre;
Para a escolha dos mais elegantes será considerado o conjunto, ciclista, bicicleta a acessórios;
Em caso de empate entre dois participantes, o que estiver com a bicicleta mais antiga e original será o escolhido como mais alegante, ou seja, a bicicleta é o fator de desempate. Na categoria Fixie Gear a antiguidade e modelo da bicicleta não tem a mesma relevância do que nas demais categorias.
Para a escolha cada um dos ciclistas deverá posar para uma foto em frente a prefeitura municipal de Santa Cruz do Sul, prédio localizado na Praça da Bandeira. Para participar o ciclista deverá ter participado do passeio desde a largada na Av, Dep, Euclides Kliemann 544, mesmo que empurrando a bicicleta. A escolha dos jurados e soberana.


 Imagine um evento de moda antiga, um concurso de elegância, que valorize a arquitetura e pontos turísticos, sem deixar de ser um evento ciclístico movido pela paixão pela bicicleta. Imagine um evento único, singular, lindo, no qual a arte e a beleza são mais importantes do que o desempenho e a força.  Imagine um encontro, um pic nic, uma festa da fotografia, no qual a velocidade é a de fazer parar o tempo, melhor, as imagens nos fazem voltar no tempo. Imagine um espetáculo onde o publico faz parte do show, um teatro, um passeio imperdível. Isto é o Tweed Ride Santa Cruz do Sul.

Video do Tweed Ride Santa Cruz do Sul Veja em= https://www.youtube.com/watch?v=sP6c5KhNFrU&feature=youtu.be

O Evento Tweed Ride visa:
- promover o uso da bicicleta e a confraternização entre os participantes;
- divulgar e valorizar a arquitetura, os prédios históricos e espaços públicos da cidade;
- valorizar a cultura e empresas locais;
- mostrar a beleza da bicicleta e a elegância de pedalar como acontecia nos velhos tempos;
A bicicleta é mais do que um veiculo para ser usado com fins esportivos, competitivos ou como um brinquedo.
Pedalar é ser elegante, ecológico e inteligente.

Este evento é um evento simples e alternativo onde a alegria esta na participação da cada um. O espetáculo é estar presente. A elegância a gente encontra no caminho.

A Ideia é cada participante levar o seu lanche e bebida para consumo na chegada que será na Praça da Bandeira. O lanche poderá ser levado na própria bicicleta, em cestas, bagageiro, ou em bolsas e acessórios de época pendurados ao corpo. Vale a criatividade também no lanche e bebida.
Os ciclistas participantes deverão ter cuidado com o transito de veículos e evitar trancar a rua. também é necessário ter cuidado com os demais ciclistas, pois algumas bicicletas antigas são bem mais difíceis de manobrar do que as bicicletas modernas. Evite frear bruscamente e interromper a passagem do ciclista da frente. O passeio não é uma competição e não teremos presa, em alguns locais possivelmente teremos ciclistas caminhando e empurrando a bicicleta. Também será preciso observar as vestimentas que podem causar transtornos e acidentes, principalmente para as mulheres que estiverem utilizando vestido longo.


Orientações extras para o Tweed Ride:
- Chegue ao local da largada com antecedência;
- Confira a sua inscrição e retirada dos tickets;
- Confira os detalhes da bicicleta antes da largada, pressão dos pneus, altura do selim, andamento com a vestimenta. Não espere a largada para perceber os possíveis problemas.
- Se a bicicleta estragar durante o percurso, não se preocupe, caminhe e lembre-se que estaremos no século passado, sem muita pressa.
- Caso você precise retirar sua bicicleta na Faccin Bicicletas, vá à loja entre as 10:30 e 11:30 para realizar os ajustes finais.
- O evento não possui hora certa para acabar. No entanto, há previsão de que as premiações sejam encerradas pelas 18hrs.
- Participe do picnic e das demais premiações!

A cada ponto de parada serão realizadas fotos do grupo de ciclistas e haverá uma rápida explanação sobre a história do prédio;
Os locais de paradas são:
1 - Praça Getúlio Vargas em frente a Catedral São João Batista;
2 - Antiga Estação férrea de Santa Cruz do Sul;
3 - Igreja Evangélica;
5- Castelinho Shutz e Kanomata
6- Casa Textor
7- Praça da Bandeira.
8- Cervejaria Proeza Bier

Por fim, divirta-se!


Expectativa para o Tweed

Em 2015, no 1º Tweed Ride a expectativa inicial era de aproximadamente 20 ciclistas. Durante a divulgação o número de interessados foi crescendo, houve grande esforço para conseguir bicicletas e, antes do evento, tínhamos 40 confirmados no evento do Facebook. Por fim, participaram 65 ciclistas no evento, superando em muito a expectativa inicial.
Em 2016, mais de 50 ciclistas. Além disso, foi mais organizado e com atrações extras, Jurados identificados, pipoca, carro antigo na praça e outros.
Em 2017 a expectativa é de manter a média de participantes, mas a quantidade não é o foco e sim a elegância do evento.

Observações:
- Não realizaremos inscrições antecipadas.
- Antes da largada iremos distribuir tickets para retirada de brindes durante o evento - visando melhorar a organização e contando com a presença de, em média, 60 ciclistas.


Um evento a moda antiga, mas muito moderno, um evento da moda moderna e que é uma tendência em países do primeiro mundo
Veja exemplos  eventos semelhantes
http://www.timeout.com/newyork/events-festivals/jazz-age-lawn-party


Texto escrito após o Tweed Ride 2017
Depois do tweed não consegui tempo de escrever o que faço rapidamente agora.
Esse Tweed para mim foi bem cansativo e um desafio maior pois estava no hospital por 12 dias internado só saindo na sexta feira antes do evento.
Lembro do primeiro tweed quando imaginava um passeio com poucos participantes, mas tivemos um numero surpreendente de 65 participantes. Também lembro que foi um sacrifício pessoal em um grande trabalho. Emprestei 22 bikes em alguns casos fui na casa de um cliente buscar a bike para consertar e emprestar para outro ciclista, um mês depois do tweed ainda não havia devolvido e organizado todas as bikes. A ideia de um passeio ½ sem graça com poucos participantes foi um evento lindo, gratificante com uma energia muito legal. Foi sem duvida o evento ciclístico de deu a melhor sensação de felicidade que transbordava dos participantes. As fotos impressionantes. Os premiados no primeiro tweed ficou com uma sensação de injustiça, pois, apensa para citar um exemplo, teve mulher que pesquisou conseguiu as roupas mais adequadas, bicicleta, passou mais de uma hora se arrumando para participar, estava linda, deslumbrante, mas não foi a escolhida a dama mais elegante, simplesmente porque havia uma outra participante ainda mais deslumbrante. 
Em 2016 incluímos outras atrações, pipoca, algodão doce, jurados identificados etc
Agora em 2017 por motivo de tempo reduzimos alguns itens e custos. Seguindo sugestões incluímos outros pontos de parada, novo local de pic nic, final na cervejaria. Devido a chuva tivemos que apressar o concurso de elegância. O que surpreendeu este ano
Pic nic no jardim Shutz e kanomata
Nove picnics e alguns muito muito lindos, outros mais simples, mas nem por isto sem apresentar muita beleza. Local mais reservado permitiu mais reserva, jardim lindo deixou o visual ainda mais lindo. Eu adorei. Outro fator positivo foi que os participantes estavam sem pressa para seguir e realmente aproveitando o momento.
Final na cervejaria. Adorei, foi um momento muito bom e descontraído. No próximo ano devemos melhorar. A intenção era realizar uma festa no final com a participação de mais pessoas que não estava participando do passeio, mas que estejam dispostos a entrar no clima e vestir-se como antigamente. 
Para o próximo?
Reduzir alguns pontos de parada, aumentar o tempo do picnic, cervejaria no final, largada mais tarde, algumas ideias. 
Agradecimentos
Participantes que são a atração do evento;
Shutz e kanomata
Cervejaria Proeza
Claudete Wimmer da Casa Textor
Qualificar Brasil- cobertura fotográfica;
Equipe Faccin Bicicletas que organizou bicicletas para uso no evento;
Faccin Bicicletas que patrocinou alguns custos do evento= (medalhas e som);
Demais pessoas que contribuíram para o evento de uma maneira ou outra, emprestando vestuário, bicicleta, contribuindo com ideias.
Prepare a magrela e o vestuário para o dia 08 de julho de 2018.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Cuidados na Caminhada da Imigração Italiana

Alguns cuidados necessários durante a Caminhada da Imigração Italiana.

As estradas utilizadas não estarão interditadas para o transito de veículos, por isto é importante estar atento, caminhar no acostamento, ou ao lado da estrada. Avise os demais participantes em caso de aproximação de algum veículo. Cuidado principalmente ao cruzar a pista.
Em alguns locais estaremos próximos a penhascos e em locais escorregadios. Os participantes estarão recebendo orientações, teremos s e corrimão com corda em alguns locais, mas a atenção e o cuidado devem ser de todos;
Não jogue lixo na estrada, ou trilha;
Não distancie do grupo;
Em caso de dificuldade peça ajuda.


Boa caminhada.

Dicas para Caminhada Imigração Italiana

Dicas para Caminhada 


Para o iniciante na caminhada que queira participar da Caminhada Imigração
A maior parte dos meus amigos é ciclista e fica curioso de como seria caminhar um evento.
Em uma caminhada mais longa, da mesma maneira que nas provas de ciclismo de longa distância o que pode causar dificuldade são as áreas de contato.
Nas caminhada o que tem mais contato são os pés contra o calçado, meias e devem segurar o nosso peso contra o solo. Também existem, ou podem existir atrito de uma parte do corpo com a outra, exemplo as virilhas.
Virilhas, áreas de atrito do corpo. Recomendo o uso de creme contra atrito e assaduras, que é mais utilizado por ciclistas: segue uma opção:

outra opção de creme=

Utilizar nas áreas de atrito e colocar já antes do início da caminhada.

Pés. 
Usar creme anti atrito, ou vaselina sólida.
Direto nos dedos, calcanhar e região do pé que tem mais contato contra meia e calçado. Não economizar nesta vaselina/ creme. 

Meias: Muito importante. Devem ser de boa qualidade, ter costura plana, ajudar a manter os pés mais secos, evitar atrito. As melhores para caminhadas longas são sem dúvida as da marca Lorpen. 
Infelizmente esta marca de meias não esta mais sendo importada para o Brasil e esta a cada dia mais difícil encontra-las. Pesquise por meias técnicas para caminhada, com Coolmax ( deixam o suor afastado da pele).
Opção de produto=

Calçado
Muitas opções possíveis, mas recomendo uso de tênis. Uma caminhada mais rápida tipo Audax geralmente é caminhado em estradas de terra, com algumas pedras soltas. Nunca usar calçado novo em uma caminhada longa. O melhor é o uso de tênis, por ser mais leve, não é necessário o uso de botas, mas recomendo os utilizados em corridas em trilha, ou corrida de aventura. A marca mais utilizada é da Salomon, que em minha opinião são sem dúvida os melhores. Algumas características, leve, eliminação de suor, cadarço elástico, palmilha anti odor, amortecimento de impacto, garradeira no solado e proteção para a sola do pé nas pesadas em pedras.
Vale a pena experimentar o tênis com uma meia mais grossa. Este tipo de tênis fica bem justo e firme no pé e é importante conferir o tamanho mais adequado.

Suor- vale lembrar que o principal causador de bolhas nos pés é a umidade, por isto a importância do calçado e meia de boa qualidade e da vaselina.
Evitando as bolhas e dores nos pés a caminhada já estará bem mais fácil. Vale lembrar do alongamento, aquecimento e de algum treininho é claro. Alguma dor ou incomodo durante a caminhada vai ser tirada de letra com estes cuidados básicos, principalmente se o participante não é um sedentário.
O participante que desistir poderá se deslocar até o ponto da chegada com uns dos carros que estarão trabalhando no apoio.

O que levar na Caminhada Imigração Italiana?

No mínimo uma garrafa de água, quem tiver uma mochila pequena com bolsa de hidratação vai ser bem útil. O tempo de aproximados 40 minutos entre uma parada e outra é muito longo para uma caminhada sem beber.
Algum lanche rápido para reposição energética durante a caminhada: Barra de cereal, gel de carboidrato, amendoim salgado, isotônico.
Protetor solar para reposição durante a caminhada.
Vai estar frio, o uso de jaqueta corta vento é importante.
O uso de óculos de sol, roupa com proteção solar e chapéu/ boné é recomendado
O uso de bastões de caminhada é útil, principalmente nos trechos de descida.
Maquina fotográfica, ou celular com câmara.
Documento de identidade, ou outro documento de identificação.
Algum dinheiro para alguma compra durante a caminhada.

Boa Caminhada da Imigração
Texto de Luiz M. Faccin

terça-feira, 30 de maio de 2017

Lista de inscritos Caminhada Imigração Italiana 2017

Inscritos Caminhada Imigração Italiana

Adriana Penno
Adriana Rodrigues Tonato
Adriana Zanette
Alcindo Rossato
ALICE JULIA TONELLI
Aline Hoeltz
ANA CERVI
André Eduardo Braga
Ângela Porn Berger
ANILI RÜBENICH SCHNEIDER
Antonio Oder Haack
Betina Bender
Cândida Raquel Junges Ernzen
Carla Elis Jung Carlos
Miguel Vendruscolo
Cinzia Giacometti
Claudete Wimmer
Cláudio Gertz Botomé
CLÁUDIO LUIZ GRÜNER
Cleverson Angelo Guerra Junior
Clovis Berger
Cristiane Pimentel Hernandes
Dalvan Tadeu Brum
Daniela Maurer de Lima
Demétrio de Azeredo Soster
Denise Beatriz Berger
DIANA MARIA ROCHA
Elemar Ghisleni
ELISA MARIA BURIN LANGE
Elton Luiz Ernzen
Fabiana Neumann
FERNANDA LETICIA LAU
Fernanda Marchese Ritta
Fernanda Weber
Fernando Antonio Schilling Pulgatti
Flavia Tavane Soares
Gabriela farias
GERONIMO TONELLI
Gerson Arlindo zanette
Gislaine Pappis
GIUZEPE TONELLI
Gloria Maria Zanette Rohr
Guilherme Poletto Höehr
Guilherme Webber Andriolo
IRIS TERESINHA GRÜNER
Isabel Cristina Berger
Ismael Rauber Schmitt
Ivone Teresinha Serena
Jaci Carvalho Vendruscolo
Jacqueline Müllich Fensterseifer
JAIRO H G DEZORZI
JAQUELINE TATSCH MOTTA
Joana Silvestrin Zanon
Josiane Caleffi Estivalet
Josue Lopes farias
JULIETA ALVES DE JESUS VINCENTIN
LEANDRO JOSÉ JACCHETTI
Leandro Nunes Couto
Leonardo José Andriolo
Loreci saner
Lucélia Flores da Costa Schmitt
Luciana Basso
Luciane Karina Bellini
Luiz Maganini Faccin
Lurdes Bruce Mara schwengber
Marcelo Carneiro
Marcelo Grillo Dini
Marcelo Oliveira Lehmen
Marcus Rosa
Margit Rosane Biasibetti
MARIA HELENA BURIN LANGE
MARILENE BORTOLASO
Maristela Soares de rezende
Marlene Webber Andriolo
MAURICIO ANTONIO JACOBS
MOACYR PINTO DA ROCHA FILHO
NADIA TERESA GARCEZ DE OLIVEIRA PADILHA
Nelson Luiz Cecin Rolim
Norberto Luiz Nardi
Olavo Inácio Flach
OSVALDO VICENTIN
Patrícia Denardi
Patricia Hippler Jung
Pedro farias Ricardo
Valmor Berg
Riomar Lopes de Almeida
Roberto Storch
ROLF GENEHR
Rosane da Silva Fontes
Rosemere Cardoso palagio
Rosimeri Niches de Oliveira
ROSMERI LUEDKE LAU
Saionara Vitória de Almeida
Saul Reis Schuster
Sérgio Jose damiani
Silvane Junqueira Sulzbach
Silvia Maria Possenatto Nardi
Suzane Beatriz Frantz Krug
TANIA MARIA ZUQUETTO ALMEIDA
Tânia Regina Bacelar Espinosa
Thiago da Silva
Tiago Henriques de Freitas
Vania Teresa Meneghetti
VANIA VIEIRA DEZORZI
VERA LUCIA RECK THIER
Volmar Biasibetti
Gelson Luiz Engel
Andrea Couto Engel
Raquel Schneider
Gustavo Schneider
Josi Pancke

Atualizado dia 09-06-2017 20 horas